A História do iPhone

A História do iPhone
5 (100%) 1 vote

Esse ano de 2017, o iPhone completa 10 ano de idade. E para voce que é fã da Apple e do perfeccionismo de Steve Jobs, foi que eu resolvi preparar esse artigo para contar A História do iPhone.

Vocë sabia que o iPad começou a ser desenvolvido antes que o iPhone?

Pois é, nem eu (que sou apaixonado pela história da Apple) sabia disso. Então veja hoje como tudo aconteceu e como foi o processo para chegar nesse smartphone mais requisitado do mundo.

A História do iPhone

 

Como tudo era antes do iPhone

“Hoje a Apple vai revolucionar o mercado de celulares!”

Foi com essa frase que Steve Jobs começou o lançamento do primeiro iPhone, em 2007. Mas até chegar nesse dia, muitas coisas aconteceram.

Em uma determinada epoca, a Apple estava tão grande que nem mesmo Steve (o fundador) conseguiu se permanecer no cargo. A empresa chegou a tal tamanho, que chegou a ser uma empresa de capital aberto. Entretanto, Steve sempre teve uma personalidade muito forte e autoritária, eis que chega um momento que ele se torna insuportável. Com isso, o conselho votou e tirou o próprio fundador da empresa.

O substituto acabou não realizando um bom trabalho, e isso acabou despencando a Apple em um patamar de quase declarar falência. Então, a ultima cartada do conselho foi comprar a NeXt, a nova empresa de Steve Jobs, e consegui-lo ele de volta, o único homem capaz de reestruturar a Apple.

Com isso o trabalho e a reestruturação começaram a ser feita. Cortes de gastos eram necessários e o desenvolvimento de novos produtos eram precisos. E assim nasceu o primeiro produto que voltou a colocar a Apple em alto patamar: Os Macs.

Após os Macs, o próximo sucesso viria a ser o iPod. Um aparelho pequeno, que cabia milhares de músicas no seu bolso. E isso passou a ser um sucesso, representando metade do faturamento da empresa na época.

Entretanto, Jobs era uma mente brilhante, sempre pensava a frente. E em uma das sua reflexões chegou a conclusão que os iPods estavam com prazo de validade. Os celulares estavam prestes a destruir os iPods. Ele sabia muito bem que seus concorrentes (como Nokia e Sony) poderiam incluir tocadores e players em seus aparelhos.

E foi desse cenário que a Apple começa a entrar no mercado de telefonia também…

Rockr – O iPhone que não deu certo

Foi com o Rockr que eles tentaram entrar nesse mercado de celulares, mas não deu certo. Talvez pelo urgëncia e imediatismo que Steve tinha na época, ele resolveu se juntar com a Motorola e desenvolver esse aparelho.

Você já viu ou viu alguém com esse celular?

Entretanto isso não deu certo, o aparelho era pesado e cabia apenas 100 músicas. Foi um verdadeiro fracasso. E no ano seguinte ele já foi abandonado.

O Surgimento do iPhone

Após não ter dado certo a junção com outras empresas para a criação do celular, Steve Jobs resolveu fazer tudo sozinho. Entretanto, a primeira versão ainda não era touchscreen, era aquela bolinhas de movimento, como tinham nos iPods. Mas isso não tinha ficado bom, e para a nossa sorte é que estava rolando um projeto secreto em paralelo.

E que projeto era esse?

Jobs descobriu que a Microsoft estava desenvolvendo um produto revolucionário para substituir os notebooks, e eles não podiam ter teclados. Toda ação deveria ser feita com toque na tela. Ele fez o pedido ao seus engenheiros, e 6 meses depois estava pronta a tecnologia touchscreen.

Ele adorou essa tecnologia a ponto de congelar a produção de iPad e dar prioridade máxima na criação do iPhone com essa tela de toque. E assim todas as forças foram direcionadas a ele e deu inicio a revolução dos smartphones!

iphone steve jobs

Todos os iPhones até 2017

Veja abaixo todas as edições desses celulares, que teve seu primeiro aparelho lançado em 2007:

  • iPhone;
  • iPhone 3G;
  • iPhone 3Gs;
  • iPhone 4;
  • iPhone 4s;
  • iPhone 5;
  • iPhone 5c;
  • iPhone 5s;
  • iPhone 5e;
  • iPhone 6;
  • iPhone 6s;
  • iPhone 7;
  • iPhone 6+;
  • iPhone 6s+;
  • iPhone 7+.

Está precisando de uma Capa Carregadora para seu iPhone? Clique aqui e confira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *